Ajude a manter o blog. Faça sua contribuição de qualquer valor clicando no botão abaixo.

PALESTRAS E ENCONTROS

Sua paróquia ou sua comunidade precisa de formação, fale com seu pároco e entre em contato pelo e-mail: carloscasabela@hotmail.com .



quinta-feira, 18 de junho de 2009

CATEQUIZANDO OU ALUNO?

O catequizando é um ser humano, uma pessoa que precisa ser assistida, amada, orientada e educada na fé.
A pedagogia escolar, nas antigas estruturas pedagógicas, trata o ser humano como aluno. O professor passa sua idéias, suas teorias bem formuladas e bem elaboradas para seus alunos.
A educação à fé ou catequese não é arte de passar idéias, mas a arte de apresentar o projeto de Deus na vida do catequizando, deixando-o se entusiasmar por Ele para viver esse projeto. O catequista deve ajudar a pessoa a descobrir o apelo do Espírito Santo à conversão e ao compromisso cristão.
O catequista, para acolher alguém como “catequizando” e não como “aluno”, deverá beber na pedagogia de Jesus Cristo.

CARACTERÍSTICAS DA PEDAGOGIA DE JESUS:
1-
Ele conhecia a realidade de seus catequizandos, os seus discípulos; conhecia os seus trabalhos, suas tradições, sua fé.
2- Jesus era sensível a realidade. Ele falava do Reino a partir da realidade das pessoas; conhecia as suas preocupações, suas lutas e suas alegrias.
3- Jesus acolhia as pessoas. Estava sempre com o povo, principalmente com os pobres, com as crianças e com os pecadores. Visitava as pessoas, dando a todos atenção e apoio (Jo 11,35) e acabou entregando a sua vida pelos amigos (Jo 14,18; 15,13).


A partir desta pedagogia de Jesus o catequista deve:
· Procurar conhecer o catequizando como pessoa, como ser humano com quem se relacionará por um certo período de tempo;
· Respeitar suas características pessoais que se manifestam nas diferentes faixas etárias;
· Proporcionar um ambiente comunitário para ajudar os catequizandos nas suas necessidades e aspirações;
· Superar a tentação de fazer de um encontro catequético um doutrinamento meramente receptivo, passivo;
· Fazer com que o catequizando parta da sua experiência, desenvolva seus valores e seja o protagonista da sua educação à fé.


Conversando e Respondendo:
Descobrir os aspectos essenciais de um “aluno” e de um “catequizando” a partir desta entrevista:
· Promover a encenação de um diálogo com 6 catequizandos, perguntando a cada um deles:
- Como poderei lhe educar na fé:
E o catequizando responderá:
1- Para você me educar na fé, você precisa me conhecer, precisa saber da minha vida, meu modo de viver e sobreviver; conhecer as verdades pessoais e fatos nos quais eu creio e aos quais me agarro nos momentos de solidão, desespero e sofrimento.
2- Para você me educar na fé, você precisa me encontrar lá onde eu existo, quer dizer, no coração das coisas, nos mitos e nas lendas, nas cores e movimentos, nas formas originais e fantásticas, na terra e nas estrelas.
3- Para você me educar na fé, você precisa estar comigo onde eu estou, mesmo que você venha de longe e que esteja muito adiante ou muito para traz. Só há um adiante para mim: aquilo que eu construo e conquisto a partir de mim mesmo e do meio em que eu vivo.
4- Para você me educar na fé, você precisa compreender a cultura do contexto em que se dá o meu crescimento, pois suas linhas de força são as minhas energias, suas crenças o meu credo e as minhas esperanças.
5- Para você me educar na fé, você precisa acreditar que a “educação da fé” que eu necessito é aquela que me faz mais eu, que desperta, do mistério do meu ser, as potencialidades adormecidas dentro de mim. Uma educação que promova a minha identidade pessoal.
6- Para você me educar na fé, você precisa conhecer a minha espiritualidade, a iniciação cristã que recebi de minha família e conhecer tudo aquilo que acredito e procuro viver para ser feliz com o meu Deus.
(Adaptação do texto de Vital Didonet)


Fonte: Folheto Ecoando 25 - formação interativa de catequistas - Editora Paulus

3 comentários:

Anônimo disse...

OLA, SOU A VANIA CARRARO SOU CATEQUISTA NA MINHA IGREJA SANTO ANTONIO NA CIDADE DE ITATIBA SP.ESTOU MUITO FELIZ NO MEU ENCONTRO DE CATEQUEZE TEM 17 CRIANÇAS SÃO MARAVILHOSAS....

mislene disse...

-ola sou mislene sou catequista
na minha comunidade em agua lindas goias,gosto muito de ser catequista de crisma de adulto..amei o seu blog bjoss

Anesia Marins disse...

Sou catequista, no município de Saquarema Rio de Janeiro.
Amei muito seu Blog, é um reforço para nossos trabalhos.
Ser catequista para mim é ter um presente de Deus em minha vida.Anesia