Ajude a manter o blog. Faça sua contribuição de qualquer valor clicando no botão abaixo.

PALESTRAS E ENCONTROS

Sua paróquia ou sua comunidade precisa de formação, fale com seu pároco e entre em contato pelo e-mail: carloscasabela@hotmail.com .



quarta-feira, 10 de junho de 2009

VOCABULÁRIO BÁSICO DO CATEQUISTA - LETRA R


RABI – Significa: Mestre. Também se refere aos que tomam os primeiros lugares na sinagoga.
RABINO – Título dado a uma pessoa mestre em direito judaico, na Lei ou Torá. Os rabinos fazem parte da classe dirigente e influente da sociedade hebraica. Presidem o culto na sinagoga.
RASGAR AS VESTES – Na linguagem bíblica, as vestes são muito ligadas à pessoa. Rasgar as vestes significa perder a alegria, a paz; é sinal de tristeza, de medo, de luto ou de indignação.
RECONCILIAÇÃO – Refere-se ao Sacramento da Penitência ou Confissão que tem como fim reconquistar a graça batismal. A reconciliação com Deus e com os irmãos estão intimamente ligadas.
REDENÇÃO – É a obra da salvação e de libertação dos homens realizada por Jesus com sua morte. Cristo nos redimiu com o seu sangue derramado por nós, no sacrifício da cruz.
REENCARNAÇÃO – Refere-se à volta das almas dos que já morreram em outros corpos para se purificarem dos pecados cometidos. É doutrina espírita, incompatível com o cristianismo, porque não crê na Ressurreição.
REINO DE DEUS – Termo que aparece 51 vezes no Evangelho de Mateus e 80 vezes em Marcos. O Reino é a realização do projeto de Deus que deseja liberdade e vida para todos, principalmente para os oprimidos.
RELIGIÃO – Do verbo “re-ligar”. É um conjunto de práticas usadas por grupos humanos para se relacionarem com Deus. A religião brota do ser humano, do seu desejo do infinito; é a tendência de buscar Deus.
RELIGIOSIDADE – Refere-se a um fenômeno da natureza psicológica e social, às disposições interiores da pessoa e à tendência de buscar Deus. Concretiza-se nas diversas religiões.
RELIGIOSIDADE POPULAR – É a religião do povo que deseja manifestar a sua fé de acordo com a sua cultura, de modo simples, emocional e coletivo. As principais manifestações se referem à devoção a Nossa Senhora e aos Santos.
RELÍQUIAS – Parte dos corpos dos Santos ou objetos que estiveram em contato com eles, durante sua vida ou depois da morte. Sua exposição, em determinados dias, transforma-se em grandes celebrações populares, geralmente em santuários e lugares de peregrinação.
RÉQUIEM – Do latim “repouso”. Missa celebrada por alma dos defuntos.
RESSURREIÇÃO – Ressuscitar = despertar, retornar a vida, estar vivo. A Ressurreição de Jesus é apresentada como plenitude de vida e como exaltação. A ressurreição dos cristãos se dará no final dos tempos, pela fé em Jesus Cristo.
RESTO – Não tem sentido pejorativo. No AT, Israel tinha a esperança de que o povo de Deus nunca acabaria; haveria sempre um pequeno resto, uma certeza de futuro do povo.
REVELAÇÃO – Do latim revelare = “tirar o véu”. Para os cristãos, judeus e muçulmanos é Deus quem toma a iniciativa de se fazer conhecer no caminho da história. É também o nome do livro do Apocalipse.
RITO – Ação sagrada, eficaz e salvífica. É o conjunto de sinais, símbolos, gestos e palavras, expressando, na celebração, uma realidade que não se vê.
ROMARIA – Peregrinação religiosa, entremeada de preces, cantos e manifestações de piedade, a algum santuário ou local de maior devoção.
ROSÁRIO – Na Igreja Católica é uma devoção a Nossa Senhora composta das orações de 20 Pai-Nossos, 200 Ave-Marias e 20 Glória ao Pai, meditando 20 mistérios da vida de Jesus e de Maria. Essa devoção foi propagada por São Domingos, no século XIII com 15 Pai-Nossos, 150 Ave-Marias e 15 Glória ao Pai, compondo 15 mistérios, e em 16 de dezembro de 2002, através da carta apostólica Rosarium Vigines Mariae, o Papa João Paulo II, acrescentou os mistérios luminoso, como antes deste acréscimo o terço era a terça parte do Rosário, até hoje o chamamos pelo mesmo nome, apesar de agora ser a quarta parte do Rosário.

Nenhum comentário: