Ajude a manter o blog. Faça sua contribuição de qualquer valor clicando no botão abaixo.

PALESTRAS E ENCONTROS

Sua paróquia ou sua comunidade precisa de formação, fale com seu pároco e entre em contato pelo e-mail: carloscasabela@hotmail.com .



segunda-feira, 17 de novembro de 2008

COMPROMISSO COM A VERDADE


O compromisso com a verdade é tema inspirador dos fundamentos do Documento da Catequese Renovada:
· A fidelidade a Cristo,
· à Igreja e
· ao homem.
Para alcançar esta fidelidade é necessário que a catequese se comprometa com a verdade sobre Jesus Cristo, sobre a Igreja e sobre a pessoa humana.
A catequese renovada procura anunciar; não tanto uma “doutrina”, mas a pessoa de Jesus Cristo. É um itinerário de conversão a Jesus Cristo e de adesão a sua mensagem e missão.
O ideal da catequese é fazer com que os catequizandos tenham um encontro pessoal com Jesus Cristo, como seu Senhor e Salvador, Mestre e Guia, Caminho, Verdade e Vida. Levar ao conhecimento do Mistério de sua vida, morte e ressurreição.
Neste conhecimento de Jesus, como enviado do Pai, deve-se ressaltar a sua grande missão de Sacerdote, Pastor e Profeta.
Jesus proclamou o Reino de Deus, viveu pobre e no meio dos pobres, denunciou as injustiças, anunciou a salvação, o amor e a misericórdia de Deus Pai, através de sua vida, de seus ensinamentos e principalmente pelo Mistério Pascal.
Uma catequese cristocêntrica, isto é, aquela onde Jesus Cristo é o ponto central das verdades reveladas, é ao mesmo tempo uma catequese trinitária: Cristo, o Filho de Deus, revela o Pai e envia o Espírito Santo que suscita conversão, transformação e compromisso.
É importante que o catequista compreenda essas verdades aprofundando-as na sua própria vida, buscando conhecê-las principalmente na Palavra de Deus e nos ensinamentos da Igreja.

Para ter compromisso com a VERDADE SOBRE A IGREJA, o catequista precisa conhecê-la, nos seguintes aspectos:
1- A Igreja como Mistério.
Foi fundada por Jesus Cristo e é orientada pelo Espírito Santo até o fim dos tempos.
2- A Igreja como Povo de Deus e Corpo de Cristo.
Ela se realiza nas pequenas comunidades em união com toda a Igreja, onde os cristãos, pelo Batismo, são chamados a servir e participar dela. O catequista deve ser formado no amor e na fidelidade a esta Igreja em nível comunitário, paroquial, diocesano, nacional e universal.
3- A Igreja Apostólica e Missionária.
Foi fundada na fé dos Apóstolos e, hoje, seus pastores, os Bispos sucessores dos Apóstolos, a guiam em união com o Papa. Como Igreja, são continuadores da missão de Jesus. Os catequistas não devem descuidar da dimensão missionária da Igreja.
4- A Igreja Sacerdotal e Profética.
Através da fé e dos sacramentos a Igreja santifica seus membros e proclamam o Reino de Deus com coragem, mesmo em conflito com a sociedade.
5- A Igreja Santa e Pecadora.
É feita de pessoas fracas, limitadas e pecadoras. É preciso que haja uma constante conversão de seus membros.
6- A Igreja-Comunidade.
É a vida comunitária de fé, de solidariedade, de partilha, de oração e de participação. A catequese deve formar os catequizandos para a vivência numa comunidade. Para isso, é necessário ir formando equipes de catequistas com os catequizandos.
7- A Igreja dos Pobres.
A atitude de Jesus deve ser assumida pela Igreja: “evangelizar os pobres” (Lc 4,18). A opção pelos pobres pode e deve impulsionar a Igreja a descobrir a exigência radical do Evangelho, com o anúncio, com a fraternidade, com a justiça e com a promoção humana.

· O que significa Igreja para nós? Qual o compromisso que podemos assumir depois deste estudo?
· Como participamos de nossa comunidade?


Fonte: Folheto Ecoando 6 - formação interativa com catequistas - Editora Paulus

Nenhum comentário: