Ajude a manter o blog. Faça sua contribuição de qualquer valor clicando no botão abaixo.

PALESTRAS E ENCONTROS

Sua paróquia ou sua comunidade precisa de formação, fale com seu pároco e entre em contato pelo e-mail: carloscasabela@hotmail.com .



sexta-feira, 14 de novembro de 2008

VOCABULÁRIO BÁSICO DO CATEQUISTA - LETRA A


O objetivo deste vocabulário é oferecer explicações mais simples de palavras religiosas mais comuns, necessárias para o conhecimento e formação dos catequistas.

ABBA - Expressão usada por Jesus (Mc 14,36) que significa “pai” ou “papaizinho” e usada por Paulo (Rm 8,15; Gl 4,6) para chamar Deus de uma maneira mais familiar, confiante e íntima, como uma criança chama seu pai.
ABRAÃO – Primeiro dos grandes Patriarcas de Israel, escolhido por Deus como pai do Povo da promessa. Em sua descendência seriam abençoadas todas as nações (Gn 12). É chamado de “amigo de Deus” (Is 41,8; Tg 2,23).
ACÓLITO – Seminarista que recebeu a ordem do acolitato. Leigo que ajuda o sacerdote ou o Diácono no altar. Sendo criança é chamado de coroinha.
ADÃO – Palavra hebraica que significa: homem, pai de toda raça humana, pai da humanidade, da pessoa humana (Gn 3,20; Gn 5,2; At 17,26).
ÁGAPE – Palavra grega que significa “amor”. Banquete de Fraternidade que os primeiros cristãos celebravam, geralmente, antes da Eucaristia.
ALELUIA – Palavra hebraica que significa “louvai a Deus”. É aclamação de alegria, freqüentemente usada nos salmos e adotada desde os tempos primitivos do cristianismo na Liturgia, na proclamação do Evangelho. Na Liturgia atual o Aleluia ressoa o ano inteiro, silenciando apenas na Quaresma.
ALFA E ÔMEGA – Primeira e última letras do alfabeto grego. São usadas na Sagrada Escritura para designar o Cristo como começo e fim de tudo (Ap 21,6). Na liturgia da Vigília Pascal (Sábado Santo) emprega-se esta imagem na benção do Círio Pascal.
ALIANÇA – Pacto de amizade. Na antigüidade, a vida dos povos ou tribos fundamentava-se sobre as alianças, como sobrevivência diante dos inimigos mais fortes. A aliança de Deus com seu povo escolhido, realizada por intermédio de Moisés no Sinai, é o acontecimento central do Antigo Testamento.
ALTAR – Lugar diante do qual se apresentam as oferendas a Deus. Jesus considerava-o digno de respeito e exigia, por isso, a prévia reconciliação daqueles que se acercavam dele (Mt 5,23ss.; 23,18-20). O altar representa Cristo. É por esta razão que lhe é prestada honra (beijo, incenso...) e que se deve ter por ele grande respeito.
AMBÃO – Lugar destacado no qual se proclamam as leituras da Lecionário e Evangeliário, nas celebrações. Púlpito para fazer a pregação, com estante para colocar o Lecionário ou Evangeliário.
ANTICRISTO – Nome atribuído no Novo Testamento àqueles que renegam sua fé cristã e atacam a comunidade. São chamados também de ímpios, falsos profetas (2Ts 2,3-8; 1Jo 2,18.22; 2Jo 7; Ap 13).
ARAMAICO – Língua do povo do Arã. O aramaico era falado pelos judeus, após o cativeiro. Era a língua falada por Cristo e seus discípulos. Nessa língua foram escritos alguns textos do Antigo Testamento.
APOCALIPSE – Palavra de origem grega que significa “revelação”, e se refere particularmente a visões do tempo futuro. É um gênero literário da Sagrada Escritura. Utiliza muitos símbolos.
APÓCRIFOS – Palavra de origem grega que denomina os livros não introduzidos no “cânon” da Bíblia porque não são aceitos como fonte de revelação divina.
APOLOGÉTICA – Parte da teologia que pretende dar respostas às possíveis objeções contra a revelação divina. Significa resposta, justificação em defesa da fé cristã.
APOSTASIA – Palavra grega – “colocar-se fora”. Ato daquele que renega a fé cristã.
APÓSTOLO – “Mensageiro” – “Enviado”. Nome que a tradição cristã colocou nos primeiros doze seguidores de Jesus (Mt 10,2-4).
ARCA DA ALIANÇA – Móvel sagrado que Moisés mandou fazer no tempo da peregrinação pelo deserto. A arca era sinal da presença de Deus. Nela se guardavam as tábuas da Lei, expressão da Aliança. A arca desapareceu por ocasião da destruição do Templo com a tomada de Jerusalém pelos babilônicos.
ARQUIDIOCESE – Diocese que é a cabeça de um conjunto de dioceses que formam uma província eclesiástica. Enquanto as dioceses são regidas por bispos, as arquidioceses o são por arcebispos.
ASCENSÃO – Subida de Jesus ressuscitado ao céu em corpo e alma. A Igreja celebra esta festa 40 dias depois da Ressurreição.
ASSEMBLÉIA – Na Bíblia e na Liturgia, é o povo de Deus reunido animado pela fraternidade. Deus escolhe um povo que hoje é a Igreja.
ASSUNÇÃO – Elevação da Virgem Maria ao Céu em corpo e alma no término de sua vida terrena.
ATEÍSMO – Concepção filosófica que nega racionalmente a existência de Deus ou de deuses.
AUDIOVISUAL – É uma linguagem caracterizada pela mistura do som, da palavra e da imagem por meio de recursos eletrônicos (vídeos, slides, retro-projeção). É uma das formas de comunicação que deve ser usada na catequese.
ÁZIMO – sem fermento. O pão ázimo fazia parte da festa da Páscoa dos judeus.

Nenhum comentário: